5 dicas para ajudar seus filhos a controlarem os gastos


A educação financeira é algo que os pais precisam oferecer aos seus filhos desde cedo. Como as crianças aprendem logo a consumir, precisam também aprender a lidar com dinheiro muito antes de começarem a trabalhar. Assim, não se tornar adultos que saibam controlar e valorizar os seus próprios recursos.

Trouxemos 5 dicas para que você aprenda como controlar os gastos dos filhos e como ensiná-los a poupar por conta própria. Confira!

1. Dê o exemplo em casa

O entendimento da importância do dinheiro começa em casa. Famílias que administram bem suas finanças podem oferecer bons exemplos. Se os gastos domésticos não forem bem gerenciados, ensinar os filhos sobre finanças é uma oportunidade de aprendizado para todos.

2. Faça uso dos cartões pré-pagos

Esse tipo de cartão está fazendo muito sucesso, tanto entre os adolescentes como entre os adultos. O cartão pré-pago funciona da seguinte maneira: você coloca um valor no cartão e esse dinheiro fica armazenado para fazer saques ou para realizar pagamentos no formato de débito. O cartão pré-pago é uma boa forma dos pais acompanharem de perto os gastos dos filhos: eles podem depositar a mesada diretamente no cartão e deixar que os filhos administrem seu dinheiro.

Deixar que os filhos administrem seu próprio dinheiro desde cedo é importante para que eles compreendam o valor que o dinheiro tem, para que entendam como é importante poupar e, com o tempo, aprendam como fazê-lo.

3. Compre um cofrinho para as crianças

O cofrinho é uma boa estratégia para a criança entender desde cedo que poupar dinheiro é importante. Você pode dar para elas o troco das compras cotidianas ou ainda desenvolver um sistema de recompensas. O importante é ensiná-las a guardar as moedinhas no cofrinho e estimulá-las a ter um objetivo — como comprar um brinquedo novo, por exemplo. Assim, a criança aprende que poupar é essencial para conseguir adquirir suas próprias coisas.

Dessa forma a criança cria uma cultura de poupar e posteriormente pode aplicar seu dinheiro em uma previdência, por exemplo, para que esse dinheiro renda juros e possa ser melhor utilizado!

4. Inclua os filhos adolescentes no planejamento financeiro da casa

Quando os filhos estão na adolescência, já conseguem compreender bem o papel do dinheiro na vida das pessoas, e precisam aprender a administrá-lo. Por isso, convide-os para participar na hora de fazer o orçamento doméstico, para que entendam quanto dinheiro é preciso para manter o bom funcionamento do lar. Isso fará com que apreciem mais os privilégios oferecidos pelos pais, e se habituarão a fazer o planejamento do seu próprio dinheiro.

5. Ensine as crianças a anotarem seus gastos

Já que as crianças ainda são jovens demais para participarem do planejamento financeiro da casa, ensine-as desde cedo a lidar com a própria mesada. Dê para a criança um caderninho e peça que ela anote ali todos os seus gastos, para que ela possa ver com o que está gastando.

Se faltar controle e a mesada acabar antes da hora, seja firme e evite disponibilizar mais dinheiro. É uma oportunidade de ensinar as consequências das suas escolhas financeiras: ela terá que levar lanche de casa para economizar ao invés de comprar algo mais saboroso na cantina da escola, por exemplo. Será uma valiosa lição sobre a necessidade de controlar seu dinheiro.

A educação financeira começa com a conscientização de que dinheiro não é algo ilimitado e que não basta querer algo material para obtê-lo — ao contrário, é preciso trabalhar e poupar para consegui-lo.

(Fonte: Porto Seguro. Link Original: http://www.meuportoseguro.com.br/meu-dinheiro/planejar-para-nao-faltar/5-dicas-para-ajudar-seus-filhos-a-controlarem-os-gastos/ )

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2016. Criado por Mídia Mouse Comunicação.

  • Instagram
  • Facebook ícone social
whatsapp.png